Jon Favreau tentou convencer os diretores de Vingadores: Ultimato a não matar Tony Stark

Jon Favreau tentou convencer os diretores de Vingadores: Ultimato a não matar Tony Stark

Em uma recente entrevista à Vanity Fair, os irmãos Russo, diretores de Vingadores: Ultimato, revelaram que Jon Favreau, ator que interpreta Happy Hogan nos filmes da Marvel, tentou convencê-los a poupar a vida de Tony Stark.

“Parte da pressão veio de Jon Favreau, que nos ligou depois de ler o roteiro e disse: ‘Vocês realmente vão matar o Homem de Ferro?’”, revela Anthony Russo.

Joe Russo ainda afirma que Favreau tentou justificar dizendo que as pessoas sairiam tristes do cinema caso o Homem de Ferro morresse: “Eu me lembro de andar de um lado para o outro falando com Favreau no telefone e ele tentando nos convencer. Ele dizia: ‘Vocês não podem fazer isso. As pessoas vão ficar devastadas, e vocês não querem que elas saiam do cinema e pulem no trânsito.’ Mas nós fizemos mesmo assim.”

Em defesa de Favreau, Anthony diz que entende o lado do ator e que qualquer pessoa ficaria chocado com essa decisão, mas que a escolha do sacrifício de Tony Stark para derrotar Thanos era realmente a melhor forma de concluir o arco do personagem.

7.4863433837891E-6